Conto Erótico – Arrobando o Cuzinho do Amigo da Minha Filha

Conto Erótico – Arrobando o Cuzinho do Amigo da Minha Filha.

Esse fato aconteceu na festa de aniversário de minha filha, entre os vários coleguinhas dela tinha um rapazinho que logo saquei que era gay.Comentei com minha filha:Filha, esse rapaz aí é meio delicadinho ,né?
Ela: ah pai, ele é , mas não é assumido ,só os mais próximos é que sabem.
Eu: Não, beleza, morreu aqui o assunto!

Morreu nada!Fiquei com o maior tesão naquele rapaz bonito, gostozinho, ele é branquinho,mais ou menos 1,65 m, uns 54 kls bem distribuidos e uma bundinha empinadinha!a festa era na área da piscina, um certo momento vi ele indo ao banheiro, fui logo atrás ,ates dele a porta,segurei e disse:Oi, posso entrar, estou precisando dar uma mijada?Ele gaguejou e fui entrando e disse prá ele:Pode mijar primeiro, eu seguro.No que ele foi, aí fiquei de lado e já com o pau para fora comecei a mijar com ele e ele todo desconfiado vendo minha rola,aí perguntei para ele:está gostando?

Ele:Sim, a festa está legal!
Eu:Da festa não, do meu pau!Aí completei:tenho certeza que vc curte uma pica, vc acha meu pau gostoso?
ele:Ai seu Ricardo, o senhor me deixa sem graça assim!
Eu:Fala,porra!
ele:Aí,aí…que pauzão lindo, gostoso!
Eu:Pega nele, tesudinho!
Ele pegou no meu pau que foi endurecendo na mão dele,perguntei:Já pegou antes num pau de um macho de verdade?
Ele:Já peguei de um garoto qdo eu era mais novo, bati pra ele e chupei.
Eu: Hum, safadinho…Estou louco para comer teu cuzinho!
Ele: Aí, seu Ricardo,eu sou virgem!
Eu:Agora que eu quero mesmo ser teu macho, me passa teu fone, vou te dar um toque, vc anota meu fone e me liga na semana , que vamos fuder gostoso!

Guardei o pau e saí do banheiro como se nada tivesse acontecido.A festa transcorreu na boa.
meados da semana o Felipe(nome fícticio) me passou uma mensagem no whatsapp dizendo que não parava de pensar em mim.Marcamos um encontro ,levei ele para uma kit que eu mantinha, lá agarrei ele beijamos loucamente e ao msm tempo nos despindo, joguei ele de bruços na cama, fui beijando e lambendo as costas dele até chegar com a boca na bundinha linda dele, meti a l´ngua no rego, abri as nádegas e meti a língua no cuzinho rosadinho dele, chupei aquele buraquinho, deixei bem molhadinho,virei ele e disse:Vem meu putinho, mama no cacete do papai!Metia a rola na boquinha dele, segurei a cabeça dele e soquei a pica que ele engasgava, depois de algum tempo falei:Quero meter meu pau todinho no teu rabinho!

Ele:Aí, Ricardo estou com medo!
Eu:Tá bom, vou bota só a pontinha para vc ir acostumando.
botei ele de quatro, chupei o cuzinho dele de novo, peguei um u de um lubrificante passei no cuzinho dele e no meu pau e fui esfregando o pau no cuzinho dele e o tesão só aumentando , fui forçando a cabeçona naquele buraquinho pequeno, a cabeça com muita dificuldade entrou de uma vez,ele deu um grito e falou:Aí,chega tá doendo!
Eu :Calma, vou ficar paradinho!

Fiquei um minuto só com a cabeça dentro, ele relaxou e empurrei tudo de uma vez e falei:Seu viadinho, a partir de hj vc vai ser uma putinha vadia, minha putinha, vou deixar esse cú arrombado,piranha!
Ele gemia, chorava e eu dizia:Aguenta essa pica, viadinho,esse cuzinho foi feito para saciar um macho!

Estava segurando ele com força no quadril e travei meu pau todo dentro dele, parecia que ele estava acostumando com o volume, aí comecei a bombar,ele gemia, urrava e resmungava:Aí, aí, devagar seu Ricardo!Isso me dava mais tesão e bombei com toda minha vitalidade, via meu pau melado de sangue e eu metia que parecia que iria rachar ele no meio!Então falei: Aì delícia, vou gozar, encher teu cuzinho de porra, marcar meu território…Ahhhh…gozei deliciosamente!Tirei meu pau todo melado de porra, sangue e satisfeitamente apreciei o estrago que fiz, vendo aquele cuzinho todo aberto, escorrendo meu esperma todo rosadinho.

Se vc gostou, deixa seu votinho.Se vc for do DF, terei o prazer de conhece-lo. Abç.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.